IV Inovagri International Meeting

Pensar na gestão e com o conhecimento acadêmico contribuir para o uso racional da água. Com este objetivo há dez anos foi criado o Instituto INOVAGRI. A ideia surgiu durante uma reunião na sede da Associação de Engenheiros Agrônomos do Estado do Ceará.

Desde então, o INOVAGRI desenvolve diversas atividades que vêm contribuindo para levar aos campos irrigados de todo o Brasil uma nova perspectiva em três vertentes: a pesquisa, o desenvolvimento tecnológico e a inovação da agricultura irrigada.

Para celebrar a primeira década de atividades, o Centro de Eventos do Ceará recebe em outubro o INOVAGRI International Meeting. A comunidade científica mundial estará em Fortaleza discutindo e multiplicando o conhecimento sobre os temas que envolvem o uso da água na agricultura.

Para o evento são esperados 60 palestrantes nacionais e internacionais. Além disso, mais de 800 estudantes, pesquisadores, profissionais e interessados pelo setor, vindo de todos os Estados e de vários países que irão fazer apresentações de trabalhos científicos e promover discussões acerca dos temas. Serão 5 dias de evento, promovendo um intercâmbio de conhecimento entre os envolvidos com a temática água no meio rural, com foco principal em irrigação e drenagem agrícola.

O IV INOVAGRI INTERNATIONAL MEETING é uma realização do Instituto INOVAGRI.

Relação de Trabalhos em ordem alfabética
Título Acessos
CULTURA DO RABANETE SUBMETIDA A DIFERENTES LÂMINAS DE IRRIGAÇÃO NO AGRESTE ALAGOANO 28
CULTURE OF THE OKRA (Abelmoschus esculentus) SUBMITTED TO DIFFERENT IRRIGATION LEVELS 45
DAILY REFERENCE EVAPOTRANSPIRATION ESTIMATION: COMPARING MODELS WITH DRAINAGE LYSIMETER READINGS 40
DEFICIT IRRIGATION IN CONSECUTIVE CYCLES ON YIELD AND WATER USE EFFICIENCY IN ‘TOMMY ATKINS’ MANGO TREES 35
DEMANDA DE ÁGUA PARA IRRIGAÇÃO DO MILHO-VERDE EM DIFERENTES SISTEMAS DE IRRIGAÇÃO EM TERESINA-PI 28
DEMANDA HÍDRICA DA VIDEIRA CV. SYRAH EM PETROLINA-PE 31
DEMANDA HÍDRICA DE MAMOEIROS, NA FASE DE INICIAL DE CULTIVO, EM TELADO EM JUAZEIRO-BA 25
DEMANDA HÍDRICA E COEFICIENTE DE CULTIVO NO CRESCIMENTO INICIAL DA CANA-DE-AÇÚCAR IRRIGADA SOB ESTRESSE SALINO 28
DESCRITORES FOLIARES EM MUDAS DO MARACUJAZEIRO AMARELO SOB DIFERENTES LÂMINAS E SUBSTRATOS 42
DESEMPENHO AGRONÔMICO DO SORGO EM FUNÇÃO DE LÂMINAS DE IRRIGAÇÃO E COBERTURA DO SOLO 34
Desempenho da Cultura do Coentro em Função de Diferentes Lâminas de Água 31
DESEMPENHO DE DIFERENTES GOTEJADORES TRABALHANDO COM EFLUENTE TRATADO 32
DESEMPENHO DE EQUAÇÕES DE LAVAGEM PARA RECUPERAÇÃO DE SOLO SALINIZADO EM SISTEMA DE LIXIVIAÇÃO INTERMITENTE 46
Desempenho de gotejadores acoplados a conectores para microtubos de duas e quatro saídas 53
Desempenho de gotejadores submetidos a diferentes concentrações de partículas de argila em suspensão 34
DESEMPENHO DE GOTEJADORES SUBMETIDOS A SOLUÇÕES COM DIFERENTES FORÇAS IÔNICAS 37
DESEMPENHO DE MÉTODOS DE ESTIMATIVA DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO DE REFERÊNCIA PARA O MUNICÍPIO DE BOTUCATU, SP 41
DESEMPENHO DE SISTEMA DE IRRIGAÇÃO OPERANDO COM PERCOLADO DE ATERRO SANITÁRIO 31
DESEMPENHO DE SISTEMA DE IRRIGAÇÃO POR GOTEJAMENTO APLICANDO ÁGUA RESIDUÁRIA DE AGROINDÚSTRIA 32
DESEMPENHO DE UM SISTEMA DE IRRIGAÇÃO ALTERNATIVO CONFECCIONADO COM TUBULAÇÕES DE BAMBU 33
DESEMPENHO DE UM SISTEMA DE IRRIGAÇÃO POR MICROASPERSÃO EM CULTIVO DA MACAUBEIRA 33
DESEMPENHO E PRODUTIVIDADE DO FEIJÃO-COMUM, SUBMETIDO A TRÊS SISTEMAS DE IRRIGAÇÃO 34
DESENVOLVIMENTO DE CONVERSOR FREQUÊNCIA-TENSÃO PARA SENSORES CAPACITIVOS DE UMIDADE DO SOLO 43
DESENVOLVIMENTO DE UM SENSOR DE CONDUTIVIDADE ELÉTRICA DO SOLO E CALIBRAÇÃO PARA UTILIZAÇÃO EM CAMBISSOLO 33
DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE RETROLAVAGEM PARA FILTROS UTILIZADOS EM IRRIGAÇÃO LOCALIZADA 31
DESENVOLVIMENTO DO CAFEEIRO IRRIGADO POR GOTEJAMENTO SUBMETIDO A DIFERENTES LAMINAS DE AGUA MAGNETIZADA 34
DESENVOLVIMENTO INICIAL DE UM APLICATIVO EM DISPOSITIVOS ANDROID PARA ESTIMAR O PESO DO MELÃO 33
DESENVOLVIMENTO INICIAL DE UM SENSOR DE BAIXO CUSTO PARA LEITURA DO TANQUE CLASSE A 34
DESENVOLVIMENTO INICIAL DO EUCALIPTO COM O USO DE POLÍMERO HIDROABSORVENTE ASSOCIADO À IRRIGAÇÃO 28
DESENVOLVIMENTO RADICULAR DA CULTURA DA CENOURA SOB TRATAMENTOS COM DIFERENTES LÂMINAS DE ÁGUA E DOSES DE FERTIRRIGAÇÃO 28
DESENVOLVIMENTO VEGETATIVO E SÓLIDOS SOLÚVEIS TOTAIS DE SORGO SACARINO SOB LÂMINAS DE IRRIGAÇÃO 25
Desenvolvimento vegetativo e tensão da água no solo em videiras para suco sobre dois porta-enxertos 39
DESENVOLVIMENTO VEGETATIVO E TEOR DE CLOROFILA DO MARACUJAZEIRO IRRIGADO SOB DIFERENTES LÂMINAS DE ÁGUA RESIDUARIA 30
DESENVOVILMENTO DA PALMA FORRAGEIRA EM FUNÇÃO DE LÂMINAS DE IRRIGAÇÃO E NÍVEIS DE ADUBAÇÃO ORGÂNICA 40
DESFOLHA EM PLANTAS DE MILHO DOCE IRRIGADO E SUA INFLUÊNCIA SOBRE AS CARACTERÍSTICAS DA ESPIGA 34
DETERMINAÇÃO DA CONDUTIVIDADE ELÉTRICA DO SOLO POR DIFERENTES MÉTODOS 33
DETERMINAÇÃO DA CONDUTIVIDADE HIDRÁULICA PELO MÉTODO DE AUGER ROLE 35
DETERMINAÇÃO DA EVAPORAÇÃO PELO MÉTODO DO BALANÇO DE MASSA EM RESERVATÓRIOS ARTIFICIAIS PARA IRRIGAÇÃO 26
DETERMINAÇÃO DA POROSIDADE DRENÁVEL EM SOLOS COM DIFERENTES CLASSIFICAÇÕES TEXTURAIS 31
DETERMINAÇÃO DA VELOCIDADE DE INFILTRAÇÃO DE ÁGUA NO SOLO PELO MÉTODO DE INFILTRÔMETRO DE ANEL 53
DETERMINAÇÃO DO COEFICIENTE DE CULTIVO DA CENOURA ATRAVÉS DE LISIMETROS DE DRENAGEM E DO MÉTODO DE RADIAÇÃO (FAO 24) 30
DETERMINAÇÃO DO COEFICIENTE DE CULTIVO DO PEPINO ATRAVÉS DE LISIMETRIA DE DRENAGEM 40
DIAGNÓSTICO DOS NÍVEIS DE DEGRADAÇÃO DOS SOLOS POR SAIS E DA PRODUTIVIDADE DO COQUEIRO NO PERÍMETRO IRRIGADO CURU PENTECOSTE, CEARÁ 28
DIAGNÓSTICO DOS NÍVEIS DE OXIGÊNIO DISSOLVIDO E SÓLIDOS TOTAIS DISSOLVIDOS EM RESERVATÓRIOS SUPERFICIAIS ARTIFICIAS EM REGIÃO SEMIÁRIDA 34
DIAGNÓSTICO SOBRE O USO DA ÁGUA NO PERÍMETRO IRRIGADO DO GORUTUBA 27
DINÂMICA DE ÁGUA NO SOLO SOB IRRIGAÇÃO POR GOTEJAMENTO SUPERFICIAL EM SOLO ESTRATIFICADO 29
DISPONIBILIDADE HÍDRICA DE MICROBACIAS DO CERRADO. 34
DISTRIBUIÇÃO RADICULAR DA BANANEIRA SOB DIFERENTES DOSES E CONCENTRAÇÕES DE BIOFERTILIZANTE 30
DISTRIBUIÇÕES DE PROBABILIDADE PARA REPRESENTAR O PERFIL DE DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA APLICADA POR UM EQUIPAMENTO DE IRRIGAÇÃO MECANIZADO TIPO LATERAL MÓVEL 37
DISTRIBUTION OF ASSIMILATES IN CULTIVARS BEAN POD IRRIGATION 29