IV Inovagri International Meeting

Pensar na gestão e com o conhecimento acadêmico contribuir para o uso racional da água. Com este objetivo há dez anos foi criado o Instituto INOVAGRI. A ideia surgiu durante uma reunião na sede da Associação de Engenheiros Agrônomos do Estado do Ceará.

Desde então, o INOVAGRI desenvolve diversas atividades que vêm contribuindo para levar aos campos irrigados de todo o Brasil uma nova perspectiva em três vertentes: a pesquisa, o desenvolvimento tecnológico e a inovação da agricultura irrigada.

Para celebrar a primeira década de atividades, o Centro de Eventos do Ceará recebe em outubro o INOVAGRI International Meeting. A comunidade científica mundial estará em Fortaleza discutindo e multiplicando o conhecimento sobre os temas que envolvem o uso da água na agricultura.

Para o evento são esperados 60 palestrantes nacionais e internacionais. Além disso, mais de 800 estudantes, pesquisadores, profissionais e interessados pelo setor, vindo de todos os Estados e de vários países que irão fazer apresentações de trabalhos científicos e promover discussões acerca dos temas. Serão 5 dias de evento, promovendo um intercâmbio de conhecimento entre os envolvidos com a temática água no meio rural, com foco principal em irrigação e drenagem agrícola.

O IV INOVAGRI INTERNATIONAL MEETING é uma realização do Instituto INOVAGRI.

Relação de Trabalhos em ordem alfabética
Título Acessos
RENDIMENTO BRUTO DE ÁLCOOL DA CANA-DE-AÇÚCAR (VARIEDADE IACSP 95-5000) FERTIRRIGADA COM NITROGÊNIO 32
RENDIMENTO BRUTO DE ÁLCOOL E DIÂMETRO DE CANA-DE-AÇÚCAR FERTIRRIGADA COM NITROGÊNIO E ZINCO 30
REPETITIVIDADE E REPRODUTIBILIDADE DE SISTEMA DE MEDIÇÃO DE VAZÃO EM ENSAIOS DE GOTEJADORES 36
RESPOSTA DOS TEORES DE CLOROFILA DA ALFACE A DOSES DE FERTIRRIGAÇÃO DE NPK E LÂMINAS DE IRRIGAÇÃO 45
Respostas de crescimento e fisiologia de variedades de sorgo submetidas a estresse salino 32
RESPOSTAS FISIOLÓGICAS DE ESPÉCIES ORNAMENTAIS CULTIVADAS SOB ESTRESSE SALINO E DIFERENTES MODOS DE IRRIGAÇÃO 29
ROOT AND WATER DISTRIBUTION IN SOIL CULTIVATED WITH FORAGE CACTUS UNDER DIFFERENT IRRIGATION SETTINGS 37
SALDO DE RADIAÇÃO POR MEIO DE IMAGENS ORBITAIS NA REGIÃO DA CHAPADA DO ARARIPE 31
SALINE WATER AND ORGANOMINERAL FERTILIZATION IN LEAF COMPOSITION, PRODUCTION OF Passiflora edulis AND IN EDAPHIC SALINITY 43
SALINIDADE E VOLUME DE RECIPIENTE NA PRODUÇÃO DE ALFACE EM SISTEMA SEMI-HIDROPONICO 33
SALINIZATION IN NORTHEAST SOILS IN THE VIEW OF ACADEMICS IN BIOLOGICAL SCIENCES 36
SELECTION OF SUNFLOWER GENOTYPES WITH TOLERANCE TO SALINITY 31
SEMEADURA DO FEIJOEIRO EM FUNÇÃO DA DISPONIBILIDADE HÍDRICA NO SOLO NO MUNICÍPIO DE ITAPURA- SP 36
SENSITIVITY ANALYSIS OF THE HYDRUS-1D MODEL IN THE SIMULATION OF POTASSIUM TRANSPORT IN TWO BRAZILIAN SOILS 58
SENSITIVITY ANALYSIS OF THE WATER BALANCE COMPONENTS OF THE WEAP MODEL FOR THE HIGH RIO VERDE GRANDE BASIN/MG 29
SENSORIAMENTO REMOTO APLICADO AO MONITORAMENTO DOS PRINCIPAIS ESTÁDIOS FENOLÓGICOS DO ARROZ IRRIGADO NO SUL DO BRASIL 31
SERVIÇO DE ASSESSORAMENTO AO IRRIGANTE NO NOROESTE PAULISTA 37
SILÍCIO ATENUA OS EFEITOS DO ESTRESSE SALINO NAS FASES INICIAIS DE CRESCIMENTO DA ALFACE? 33
SIMILARIDADE ESPECTRAL DA ÁGUA EM AÇUDES DA REGIÃO SEMIÁRIDA BRASILEIRA 32
SIMULAÇÃO DE FAIXA MOLHADA NA IRRIGAÇÃO POR GOTEJAMENTO SUPERFICIAL USANDO HYDRUS 2D 31
SOIL WATER ENERGETIC STATE AND SACCHARINE SORGHUM IRRIGATED WITH SALT SOLUTIONS 27
SOLUÇÃO NUTRITIVA ENRIQUECIDA COM KNO3 COMO ESTRATÉGIA PARA REDUÇÃO DO ESTRESSE SALINO EM RÚCULA 31
SOLUÇÃO NUTRITIVA SALINA ENRIQUECIDA COM POTÁSSIO NO CULTIVO SEMI-HIDROPÔNICO DE ALFACE AMERICANA 32
SPATIAL VARIABILITY OF HUMIDITY AND TEXTURE IN A FLUVITIC NEOSSOL CROPPED WITH IRRIGATED BANANA 38
SPATIAL VARIABILITY OF SOIL PENETRATION RESISTANCE AND TEMPERATURE IN AGRESTE PERNAMBUCO 35
STABLE INFILTRATION RATE IN A YELLOW RED ARGISSOL IN CORN CROP AND GUANDU COVERAGE 31
STATUS HÍDRICO DE PORTA-ENXERTO DE HÍBRIDOS DE TANGERINEIRA, PONCIRUS E LIMOEIRO SOB SALINIDADE DA ÁGUA 28
STATUS HÍDRICO DE PORTA-ENXERTO DE TANGERINEIRA COM SWINGLE SOB SALINIDADE DA ÁGUA 28
SULFATO DE AMÔNIO AUMENTA A PRODUÇÃO DE RABANETE EM SOLO COM DISPONIBILIDADE HÍDRICA MODERADA 40
SUPLEMENTAÇÃO HÍDRICA E ADUBAÇÃO NITROGENADA NO DESENVOLVIMENTO VEGETATIVO DO MILHO PIPOCA 47
TAXA DE BROTAÇÃO DA PALMA FORRAGEIRA, IPA SERTÂNIA NOPALEA SP E ORELHA DE ELEFANTE MEXICANA OPUNTIA SPP, PLANTADA EM SACOS PLÁSTICOS SUBTIDOS EM DIFERENTES TURNOS DE REGA 29
TEMPERATURA DE SUPERFÍCIE EM POMARES IRRIGADOS DE CITROS 36
TEMPERATURAS CARDINAIS PARA GERMINAÇÃO DE Libidibia ferrea EM FUNÇÃO DA SALINIDADE 27
TEMPO ESTIMADO PARA APLICAÇÃO DE PROCESSOS DE DESOBSTRUÇÃO EM GOTEJADORES COM USO DE ESGOTO TRATADO 29
TEOR DE ÁGUA, INDICE DE PRODUÇÃO E RELAÇÃO RAIZ PARTE AÉREA EM COUVE-FLOR HIDROPÔNICA COM ÁGUAS SALOBRAS 217
TEOR DE NITRATO E SÓDIO EM ALFACE HIDROPÔNICA PRODUZIDA COM ÁGUAS SALOBRAS 32
TEOR E ACÚMULO DE SÓDIO E POTÁSSIO EM COUVE-FLOR UTILIZANDO ÁGUAS SALOBRAS EM CULTIVO HIDROPÔNICO 37
TEORES DE BASES TROCÁVEIS NO PERFIL DE DOIS LATOSSOLOS APÓS A APLICAÇÃO DE VINHAÇA EM COLUNAS DE ELUIÇÃO 35
TEORES E ACÚMULO DE MACRONUTRIENTES EM CEBOLA FERTIRRIGADA COM ADUBAÇÃO FOSFATADA 27
TOLERÂNCIA DE GENÓTIPOS DE SORGO GRANÍFERO AO ESTRESSE SALINO DURANTE A GERMINAÇÃO E CRESCIMENTO DAS PLÂNTULAS 28
Tolerância de hortelã-pimenta à salinidade na água de irrigação sob aplicação de biofertilizante bovino 41
TOLERÂNCIA E CRESCIMENTO INICIAL DE QUATRO ESPÉCIES LENHOSAS SOB CONDIÇÕES DE SALINIDADE E DÉFICT HÍDRICO 31
TOLERÂNCIA FISIOLÓGICA DE PLANTAS OLEAGINOSAS AO DÉFICIT HÍDRICO 145
Towards the improvement of furrow irrigation for sugar cane crops in Colombia: a comparative study 26
Transpiração de cacaueiro no semiárido baiano em duas condições de sombreamento 33
Transpiração de cacaueiros jovens submetidos à redução do potencial de água no solo 47
TRATAMENTO MAGNÉTICO DA ÁGUA PARA IRRIGAÇÃO DO CAFEEIRO CULTIVADO NO CERRADO DE MINAS GERAIS 27
TROCAS GASOSAS DE PINHEIRA (ANNONA SQUAMOSA L.) EM DIFERENTES TEORES DE MATÉRIA ORGÂNICA SOB ESTRESSE SALINO 35
TROCAS GASOSAS DO ALGODOEIRO BRS TOPÁZIO IRRIGADO COM ÁGUAS SALINAS E DOSES DE POTASSIO 33
TROCAS GASOSAS DO ALGODOEIRO SUBMETIDO AOS EFEITOS ISOLADOS E COMBINADOS DE LÂMINAS DE IRRIGAÇÃO EXCESSIVA E DEFICITÁRIA SOB ESTRESSE SALINO 32